Hora de dar um Cochilo! #Magda #Amélie #Love

Hora de dar um Cochilo! #Magda #Amélie #Love

http://seismusicas.tumblr.com/post/66292813098/seis

seismusicas:

image

——————————————————————————————————————-

SEIS MÚSICAS PARA NÃO TIRAR A BARBA

1. Angus Stone - Wooden Chair
2. Devendra Banhart - Baby
3. Iron & Wine - Cinder and Smoke

4. Edward Sharpe and the Magnetic Zeros - Janglin
5. Mumford & Sons - Hopeless Wanderer
6. Tame…

Tenho pena de quem me conheceu depois de você, assim, desacreditado. Dá vontade de falar “desculpa, é que já passou alguém por aqui e levou tudo”.

Soulstripper.   (via apagou)

(Fonte: umabandaderock)


  O mundo está cheio de pessoas vazias. Café-da-manhã de microondas, maquiagem no rosto, creme dental clareador, bateria do celular carregada e mais um “bom dia” falso para o vizinho no elevador. Eu não me importo com o seu dia e você também não se importa com o meu. O vendedor de pipoca arrisca um sorriso, mas não é retribuído. A senhora da floricultura esbanja simpatia ao perguntar como eu estou, mas recebe uma resposta um tanto ríspida. Ao meu lado mamãe tagarela sobre algo que, obviamente, eu não quero saber. Será que é tão difícil assim entender que eu não gosto de conversar às seis horas da manhã? Chego no colégio com fones de ouvido e a expressão mais carrancuda que sou capaz. As garotas do grupo “somos-lindas-e-desejadas” já soltam gritinhos estridentes enquanto perdem seu tempo falando sobre revista adolescente, esmalte de purpurina e algum garoto qualquer. É lamentável o modo como essas moças esquecem o cérebro em casa! Não faço esforço algum para ser simpática com ninguém. Quero deixar bem claro minha insatisfação por ter o sono interrompido para vir à esse lugar. Pra quê estudar se fulaninha é mais bonita que eu e conseguirá ganhar dinheiro por sua beleza sem esforço algum? Pra quê perder meu tempo decorando fórmulas de Física se o garoto rico da turma ao lado sempre será mais valorizado que eu? Enquanto “beleza” e dinheiro forem mais importantes que caráter e esforço, eu prefiro dormir. Nos corredores de qualquer lugar onde há circulação de pessoas podemos ouvir reclamações sobre o preço do alface, lamentos de um coração apaixonado, bizarrices de crianças atentadas, grosserias de um pai estressado, palavrões de garotos ridículos e frescuras de garoas fúteis. Mas não se ouve ninguém falando sobre o real sentido da vida. Ao contrário do que muita gente pensa, não nascemos apenas para estudar, trabalhar e ter uma vida bem sucedida. Nós nascemos para brincar e aproveitar a inocência da infância, para aproveitar e confiar nas amizades de nossa adolescência, para se esforçar e amar quando adulto e, finalmente, para compartilhar tudo o que aprendemos quando envelhecemos! Estão interpretando a vida de forma errada. Crianças são feitas de gritaria e chocolate e precisam brincar, se sujar, brigar, cair e dançar. Adolescentes são feitos de confusões e diversão. Têm que se apaixonar e sofrer, errar, estudar e sorrir. Adultos são feitos de amor e responsabilidade. Devem amar, formar uma família, trabalhar com prazer e garantir felicidade ao lar. E idosos são feitos de sabedoria e respeito. Eles contam, ensinam, palpitam e pedem um copo d’água. É assim que as coisas funcionam! Menininhas de quatro anos não deveriam estar dançando funk e sofrendo por amor. Jovem nenhum deveria se cortar por problemas de auto-estima. Nenhum adulto deveria se esquecer de respeitar o próximo. E idosos não poderiam se aproveitar da idade para cometer erros sem serem punidos. Mas é assim que o mundo está: vazio de amor, carinho e fé! Pessoas logo se entregam à qualquer probleminha no cotidiano e afirmam “minha vida é uma merda” sem ao menos se lembrar daquela criança que luta no hospital de câncer! Meninas se matam por garotos sem parar para pensar no amor de sua família! Meninos só pensam em sexo. Beijar virou brincadeira, amor virou lenda! Ninguém pode expressar sua opinião sem ser julgado e criticado. Todo mundo perdeu o respeito por si mesmo, pelo próximo e pela natureza, principalmente. Quem disse que você é superior à alguém a ponto de fazê-lo sofrer? Em meio a tanta poluição, sofrimento desnecessário e caos, as pessoas esqueceram do real sentido da vida. Nós nascemos para amar, aprender e sorrir! Decepções e erros fazem parte na hora de constituir nosso caráter e dignidade…Mas, por quê estou falando isso? As pessoas estão ocupadas demais parar ler um desabafo randômico sobre a frieza e a futilidade do mundo. E mais uma vez eu terei que engolir minha revolta e aceitar que sou apenas uma mente doentia querendo solucionar os problemas de uma sociedade caótica perdida.
- O mundo é fútil e vazio (pseudo-coracao)

  O mundo está cheio de pessoas vazias. Café-da-manhã de microondas, maquiagem no rosto, creme dental clareador, bateria do celular carregada e mais um “bom dia” falso para o vizinho no elevador. Eu não me importo com o seu dia e você também não se importa com o meu. O vendedor de pipoca arrisca um sorriso, mas não é retribuído. A senhora da floricultura esbanja simpatia ao perguntar como eu estou, mas recebe uma resposta um tanto ríspida. Ao meu lado mamãe tagarela sobre algo que, obviamente, eu não quero saber. Será que é tão difícil assim entender que eu não gosto de conversar às seis horas da manhã? Chego no colégio com fones de ouvido e a expressão mais carrancuda que sou capaz. As garotas do grupo “somos-lindas-e-desejadas” já soltam gritinhos estridentes enquanto perdem seu tempo falando sobre revista adolescente, esmalte de purpurina e algum garoto qualquer. É lamentável o modo como essas moças esquecem o cérebro em casa! Não faço esforço algum para ser simpática com ninguém. Quero deixar bem claro minha insatisfação por ter o sono interrompido para vir à esse lugar. Pra quê estudar se fulaninha é mais bonita que eu e conseguirá ganhar dinheiro por sua beleza sem esforço algum? Pra quê perder meu tempo decorando fórmulas de Física se o garoto rico da turma ao lado sempre será mais valorizado que eu? Enquanto “beleza” e dinheiro forem mais importantes que caráter e esforço, eu prefiro dormir. Nos corredores de qualquer lugar onde há circulação de pessoas podemos ouvir reclamações sobre o preço do alface, lamentos de um coração apaixonado, bizarrices de crianças atentadas, grosserias de um pai estressado, palavrões de garotos ridículos e frescuras de garoas fúteis. Mas não se ouve ninguém falando sobre o real sentido da vida. Ao contrário do que muita gente pensa, não nascemos apenas para estudar, trabalhar e ter uma vida bem sucedida. Nós nascemos para brincar e aproveitar a inocência da infância, para aproveitar e confiar nas amizades de nossa adolescência, para se esforçar e amar quando adulto e, finalmente, para compartilhar tudo o que aprendemos quando envelhecemos! Estão interpretando a vida de forma errada. Crianças são feitas de gritaria e chocolate e precisam brincar, se sujar, brigar, cair e dançar. Adolescentes são feitos de confusões e diversão. Têm que se apaixonar e sofrer, errar, estudar e sorrir. Adultos são feitos de amor e responsabilidade. Devem amar, formar uma família, trabalhar com prazer e garantir felicidade ao lar. E idosos são feitos de sabedoria e respeito. Eles contam, ensinam, palpitam e pedem um copo d’água. É assim que as coisas funcionam! Menininhas de quatro anos não deveriam estar dançando funk e sofrendo por amor. Jovem nenhum deveria se cortar por problemas de auto-estima. Nenhum adulto deveria se esquecer de respeitar o próximo. E idosos não poderiam se aproveitar da idade para cometer erros sem serem punidos. Mas é assim que o mundo está: vazio de amor, carinho e fé! Pessoas logo se entregam à qualquer probleminha no cotidiano e afirmam “minha vida é uma merda” sem ao menos se lembrar daquela criança que luta no hospital de câncer! Meninas se matam por garotos sem parar para pensar no amor de sua família! Meninos só pensam em sexo. Beijar virou brincadeira, amor virou lenda! Ninguém pode expressar sua opinião sem ser julgado e criticado. Todo mundo perdeu o respeito por si mesmo, pelo próximo e pela natureza, principalmente. Quem disse que você é superior à alguém a ponto de fazê-lo sofrer? Em meio a tanta poluição, sofrimento desnecessário e caos, as pessoas esqueceram do real sentido da vida. Nós nascemos para amar, aprender e sorrir! Decepções e erros fazem parte na hora de constituir nosso caráter e dignidade…Mas, por quê estou falando isso? As pessoas estão ocupadas demais parar ler um desabafo randômico sobre a frieza e a futilidade do mundo. E mais uma vez eu terei que engolir minha revolta e aceitar que sou apenas uma mente doentia querendo solucionar os problemas de uma sociedade caótica perdida.

- O mundo é fútil e vazio (pseudo-coracao)

(Fonte: r-eflexa)

Você tem que entender que é difícil pra mim. Eu já amei antes e é por isso que jurei nunca mais amar de novo. É isso que você tem que entender. Eu me fechei pro mundo. Meus amores passados sugaram tudo de mim. Já acreditei antes e é por isso não acredito mais. Já apostei todas as minhas fichas e hoje guardo cada uma delas. E só eu sei o quão difícil é me deixar permitir. Não consigo negar que sinto. Mas me esforço ao máximo para não demonstrar isso. Me faltam forças para tentar novamente porque eu gastei toda minha energia tentando afastar qualquer um capaz de acordar as borboletas empalhadas que carrego no estômago. É que é difícil, é isso.

Querido John. (via apagou)

(Fonte: querido--john)